Páginas

Bruxelas

Um dos lugares que mais viajei na época da Vasp foi Bruxelas. Tínhamos três voos por semana e nossos pernoites eram um tanto longos, o que nos permitia viajar e explorar um pouco mais a cidade. Bruxelas ainda é um destino tímido para os brasileiros, mas penso que deveria fazer mais parte dos passeios europeu. A cidade é linda, só tem um inconveniente: o tempo nublado como Londres.

A começar pela Grand Place, um conjunto de prédios geminados e cada um num estilo, marcando uma época. A torre principal, que aliás está aparentemente mal centralizada, é um dos ponto principais da praça. A cada dois anos no mês de agosto, um tapete de flores é montado. Se você tiver sorte de estar nessa época, vai se encantar. Infelizmente, nunca tive essa sorte em minhas viagens...


Manneken Pis é o mascote da cidade. Esta simpática estátua foi roubada e trocada diversas vezes, mas a original data de 1452. Conta a lenda do garoto que tentou apagar o fogo de um campo fazendo xixi. Outros dizem que foi o filho de um lorde urinando no meio de uma batalha contra os espanhóis. Em épocas especiais do ano, como Natal, ele é vestido a caráter.


Atrás da Grand Place, há uma sequencia sinuosa de ruas estreitas dedicadas à gastronomia. A especialidade belga são as "moules" (mariscos) com as originais batatas fritas, claro. E frutos do mar é o que não falta. Belas mesas com lagostas, camarões, lulas em meio ao gelo decoram a rua.

E por falar em comida, não deixe de comer um "gauffre". Não conhece? o cheiro caramelizado vai certamente chamar sua atenção na rua!


Um ponto turístico imperdível é o Atomium. Neste prédio em formato de átomo, cada bola dessas é uma sala de exposição, normalmente voltado a ciência, astronomia, etc.


Perto dele, há o parque Mini Europe, uma grande maquete com os principais pontos turísticos europeu em forma de passeio. A gente se sente em terra de gigantes!


Engana-se quem pensa que as rendas nordestinas são tipicamente brasileiras. Uma das heranças dos holandeses, e ai estende-se aos belgas, são as rendas. Um ótimo souvenir para os amigos. Outro artesanato típico são as finas porcelanas em branco e azul,  também são bem apreciadas.


A bela catedral gótica de Saint-Michel teve inicio de construção em 1226.




Visualizar Bruxelas em um mapa maior













Nenhum comentário:

Postar um comentário