Páginas

Gouffre de Padirac

Um lugar incrível pra visitar! Padirac é um grande complexo de grutas, cavernas, lagos e rios a mais de 100 metros de profundidade, localizada no Departamento do Lot, a cerca de 5 horas de Paris ou 3h de Bordeaux.







A principio não se dá nada por fora, e fiquei olhando a entrada da gruta com um pouco em dúvida. Mas quando descemos e logo percebi a mudança brusca de temperatura, plantas em meio às paredes rochosas úmidas, musgos, me senti no filme O Elo Perdido.

mapa de percurso longitudinal (acima) e o plano transversal subterrâneo (abaixo)

Descoberto em 1889 por Edouard-Alfred Martel, advogado e apaixonado por espeleologia. Ele e mais quatro amigos fizeram a primeira aventura de forma primitiva com velas e cordas, sem imaginar o que esperavam pela frente.

Então, vamos ao passeio. A descida é feita por elevadores ou escadas, o que propicia uma visão melhor da grande boca de entrada, uma descida de mais de 75 metros e 35 de diâmetro. 


Seguimos por um longo caminho sinuoso, cheio de estalagmites e estalactites descendo sempre, até chegar nas dezenas de salas em formações seculares, pequenos lagos de águas cristalinas, esculturas de beleza única. Nesses lagos chegou-se a encontrar conchas, pois o mar cobriu parte do continente há milhares de anos atrás.


De repente, um cais e alguns barcos nos leva para o lado mais profundo da caverna, um passeio por cerca de 2 km no leito do rio subterrâneo. Porém, o guia nos explicou que o leito desse rio chegaria até 40 km alcançando outras cidades. 

A temperatura ambiente em 13 graus permanece a mesma no ano todo e da água, 10,5º. Os franceses são ótimos para iluminação e não fariam por menos neste local, propiciando um cenário especial.


Foi aberta ao turismo em 1899 e mais de 500 mil pessoas visitam a cada ano. São dezenas de salas com formações seculares, lagos cristalinos, cascatas e cachoeiras.

O mais incrível e intrigante é estar a centenas de metros de profundidade e ao mesmo tempo ver o teto das cavernas serem tão altas. Vale muito a pena ir! 


Custa 9 euros por pessoa e o passeio leva cerca de 1h30.
Dicas:
Leve uma blusa, mesmo no verão, é meio frio lá embaixo.
Os guias falam em francês e inglês, e alguns em espanhol, ele pergunta o que o idioma dos turistas. Ah, eles esperam uma gorjeta no final ...
Não é permitido tirar fotos, logo as imagens deste post são da internet, mas reproduzem exatamente o que vimos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário