Páginas

Florença

Florença é irritantemente romântica para quem está só, mas excepcionalmente linda para quem é feliz e grato com a vida! Confira o cenário deste roteiro do charme italiano.







Partindo de Roma, fui de trem até Florença e em 1h30 de percurso já avistava as paisagens da Toscana, inesquecíveis pelos filmes Comer, Rezar e Amar e Sob o sol de Toscana. Banhado pelo rio Arno, durante quase três séculos Florença foi governada pela Família Medici e Tornou-se célebre por ser a cidade natal de Dante Alighieri, autor da "Divina Comédia", marco da literatura universal e precursor da língua italiana moderna. Cidade berço do renascentismo italiano e dos grandes artistas como Michelangelo, Da Vinci, Botticelli, Giotto, Donatello, entre outros. Para os amantes das artes, Florença é o paraíso dos afrescos renascentistas.

Fiquei hospedado no hotel De la Pace, que apesar de não ser no centro, está numa rua que vai direto aos ponto turísticos principais em 15 minutos à pé. Bom atendimento, café da manhã em buffet e uma anfitriã muito boazinha, uma golden retriever chamada Viola.


Comer

A cidade em si é um atrativo maior. Encontrei vários menus por cerca de 15 a 20€, composto de entrada e principal, claro, não podem faltar pizzas, massas e bruschettas. E as pasticcerias, as confeitarias italianas são irresistíveis com seus sorvetes propõem gulodices a toda hora. Comprei biscoitos como Cantuccini e Amaretti.

Visita
A melhor maneira de fazer os passeios e gastar menos é pelo Firenzepass. Como não o conhecia, paguei os museus diretamente e não são baratos, logo este passe vale a pena. A Basílica de Sta Maria del Fiore é grátis para entrar. Aprecie sua arquitetura em mármores branco, verde e rosa.  A ponte Vecchio é atravessa o rio Arno e é uma das pontes românticas da cidade.  Na verdade, é um emaranhado de lojas de joias e bijuterias. Na Accademia está Davi de Michelangelo.

A Piazza della Signora está o Palazzio Vecchio, a fonte de Netuno e a Loggia de Lanzi, uma galeria ao ar livre com belíssimas esculturas greco-romanas. No fim da tarde, uma moça tocava violão com repertórios clássicos do instrumento, um momento de epifania ao por do sol! Não deixe de ir a Piazzale Michelangelo, do outro lado do rio Arno subindo uma colina. De lá, uma linda vista da cidade. Ao descer, há um charmoso roseiral um tanto escondido, mas que vale a pena uma pausa e apreciar a paisagem. Os pinocchios de madeira, personagem clássico da região da Toscana, também estão por toda parte e servem de lembrancinha, em média 3€.

Pontos de visita importantes:
- Palácio Vecchio
- Galleria degli Uffizi
- Palazzo Pitti
- Palazzo Strozzi
- Ponte Vecchio (Ponte Velha)
- Basílica de Santa Maria Novella
- Piazza della Signoria
- Convento de San Marco
Piazza della Repubblica
- Accademia de Florencia
- Duomo de Santa Maria del Fiore

- Casa de Dante Alighieri
- Piazzela de Micheangelo




Piazza della Signora

Palazzio Vecchio


Casa de Dante Alighieri

Batisterio (esq) Sta Maria del Fiore (cent) e Campanile (dir.)

Santa Maria del Fiore

Santa Maria del Fiore

Santa Maria del Fiore

Santa Maria del Fiore

Santa Maria del Fiore

Santa Maria del Fiore

Davi, o original de Michelangelo na galeria Accademia


Perseu e a cabeça da Medusa

Ponte Vecchio

entrada Palazzio Vecchio

vista do Piazzale Michelangelo

Loggia di Lanzi

roseiral perto da Piazzela Michelangelo

as confeitarias...

Tiramisu

loja de brinquedos de madeira e o Pinóquio não podia faltar




Confira um bom mapa da cidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário